O que aconteceu com as pessoas?

sábado, julho 15, 2017



O mundo tem sido um lugar bem chato de se viver. Por mais livre ou rebelde que eu seja, há regras subentendidas e eu me vejo obrigada a seguir, mesmo não gostando muito.

Não se pode compartilhar sua felicidade, porque dizem que "a inveja tem sono leve" ou que "o que ninguém sabe, ninguém estraga". Não se deve ser legal demais, demonstrar afeto demais ou se preocupar demais, porque nos ensinaram que as pessoas perdem o interesse em você por isso. É assim, me disseram.

Eu que sempre fui dessas, louca, impulsiva, atrapalhada pra demonstrar carinho, acabei por não demonstrar nada. Se não demonstro, não existe. Logo, não me machuca. Deveria ser assim, mas nem sempre é. 

Queria mesmo que as pessoas pudessem ser e sentir o que elas realmente querem, sem que o outro ache que as tem nas mãos. Queria que as pessoas aprendessem a realmente amar como se não houvesse amanhã, sem perder tempo. Queria que deixasse de ser motivo de vergonha gostar de alguém. Queria que falassem menos e vivessem mais.

Mas o mundo tem sido mesmo um lugar bem chato de se viver. E talvez eu seja sempre a pessoa que espera que ele mude. Que ele me mude. 

Outros posts interessantes para você

0 comentários

Seu comentário é super bem-vindo! Obrigada pela visita! :)