Pra você, sobre mim.

domingo, fevereiro 19, 2017


Esse poderia ser um texto sobre você, sobre nós. Mas não é. Infelizmente ou felizmente, não é. É um texto sobre mim, por incrível que pareça, sobre uma pessoa que detesta falar de si mesma. Uma pessoa que detesta expor seus sentimentos, que tem medo de ser magoada e que se sente vulnerável quando se abre. Mas isso você já sabe.

Eu já fui aquela que se joga, que mergulha de cabeça sem nem conhecer a profundidade, que fala o que sente com medo de não ter outra chance. Já fui aquela que demonstra os sentimentos sem medo de ser feliz. Já fui, não sei ser mais.

Sinto muito. Sinto tudo. Uma bagunça sem tamanho aqui dentro e eu não sei explicar. Não sei organizar a confusão que está na minha cabeça e transformar em palavras ou simplesmente traduzir em uma frase. Me desculpe por isso. Sei que meu silêncio constrangedor te afetou de uma maneira ruim e eu sinceramente não queria isso. Mas essa sou eu.

Essa sou eu tentando não ser. Tentando esconder, mentindo pra mim mesma, me calando. Essa sou eu tentando me proteger. Talvez não tenha funcionado tão bem, mas sigo tentando. É o que eu tenho feito durante todo esse tempo.

Não tenho certeza de nada. Nem quero ter. Não quero ter mais nada a perder. Não quero mais essa sensação de acreditar, confiar, esperar. Só quero a liberdade de ser, de estar, de sorrir ou chorar sem afetar ninguém com isso. Quero continuar não tendo certeza de nada e vivendo bem com isso.

"Eu não vou mudar não. Eu vou ficar são, mesmo se for só. Não vou ceder. Deus vai dar aval sim. O mal vai ter fim. E no final, assim, calado, eu sei que vou ser coroado rei de mim."


Outros posts interessantes para você

0 comentários

Seu comentário é super bem-vindo! Obrigada pela visita! :)