Só não me esqueça

segunda-feira, junho 24, 2013




Tudo acontece exatamente assim. Na ausência, vem a angústia de nao saber o que se passa, como está se sentindo e com quem anda conversando. Você aparece, me olha, disfarça. Como se, fingir que eu não existo, seja a sua maneira de me dizer que sua pele clama pela minha, assim como seu coração ainda acelera quando me vê. Como se todas as suas tentativas de me esquecer, sejam falhas, assim como as minhas de fugir de você. E então, aceitei que isso não vai mudar. Precisei encontrar uma maneira de deixar o tempo passar. E todas as vezes que você me odiou por algo que eu fiz ou quis matar alguém que espalhou coisas horríveis a meu respeito, são perdoáveis, não me importa. Cada um deu seu jeito de passar o tempo e ainda que o seu seja me odiando, o faça. Só não me esqueça. 

Outros posts interessantes para você

0 comentários

Seu comentário é super bem-vindo! Obrigada pela visita! :)